sábado, 10 de dezembro de 2011

Como se tornar um grande escritor?



Dicas do escritor Laurentino Gomes. Quem é Laurentino Gomes? Autor do livro "1808", sobre a fuga da família real portuguesa para o...


Esta dica encontrei no blog do Franz Lima - Escritor é um blog sensacional vale a pena visitá-lo!

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Desânimo...

Alguma vez você já se sentiu desanimado? Sem forças para lutar, correr, desvencilhar-se de seus problemas? Dar a volta por cima, seguir a diante?
Isso é muito comum acontecer om as pessoas, todas as pessoas normais já passaram por uma situação parecida uma vez na vida pelo menos.
Não se trata de saber solucionar o problema quando este surge e sim de saber colocar a cabeça em ordem antes que seja tarde demais...
O desânimo surge quando menos esperamos é por isso que seu efeito nos arrebenta quando nos pega desprevenidos, não estou dizendo que precisamos ficar esperando que algo ruim aconteça conosco, de jeito nenhum, o que quero dizer é que precisamos saber lidar com todos os tipos de situações possíveis. Devemos estar preparados para as coisas boas e para as ruins também!
Não sei, não quero estar, mas acho que estou entrando em depressão... E não posso de jeito nenhum! Preciso ser forte o bastante e aguentar firme esta maré de problemas que estão chegando a minha vida com tanto ímpeto. Problemas todos nós temos, mas sempre a mesma coisa é de acabar com a saúde de qualquer um...
Qual é a cor do paraíso? Qual é a cor da bondade, sinceridade, persistência, perseverança, amor ao próximo, obediência?
Sei que a beleza e a força vêm de dentro, mas o que fazer quando o interior está quebrado em mil cacos bem pequenos e esfarelado? Temos duas opções: ou colamos, ou, jogamos tudo fora e recomeçamos do zero... Sempre opto pela segunda alternativa, mas chega uma hora que não dá mais para manter o barco sabe, a rajada de vento é muito forte e o barquinho vai perdendo a direção, o controle, o vento começa a castigar o coitadinho e quando percebemos não resta absolutamente nada, só o barquinho ao longe, todo arrebentado e afundando...
Sei que não podemos perder a direção de nossas vidas, que os problemas vêm e vão e que se lamuriar não adianta nada, mas erguer a cabeça acaba tornando-se algo dificílimo de fazer e seguir em frente. A realidade na maioria das vezes é grotesca, mesquinha e insensível, logo as armas secretas estão dentro de nós mesmos!
De que adianta um apenas se esforçar em fazer tudo de acordo quando os demais apenas olham e falam mal?
Não deixe o desânimo pegar você como me pegou ok?
Faça o impossível para resolver os problemas, não se sinta abatida e nem desmotivada, às vezes aprendemos com os erros de outras pessoas desta forma, daremos valor ao que realmente nos interessa...

“Desanimados não, não, não
Desanimados não, não, não
Dores tristezas podem nos vir
Com Cristo alegres vamos sorrir...
Desanimados fiu fiu fiu fiu fiu não, não, não!” Romilda Moreira

domingo, 4 de dezembro de 2011

Um amigo para todas as horas...

Os livros são os melhores amigos de uma pessoa!

Definitivamente esta é uma afirmação que descobri há muito tempo e que exatamente agora se manifestou.

Quando você está com um problema, ou, vários é só pegar um livro e mergulhar em seu conteúdo, no início pode ser um pouco difícil concentrar-se, mas o importante é não desistir...

Para mim funcionam como um anestésico para a alma. Tenho predileção pelos loucos de Stephen King, ele escreve naturalmente sobre qualquer assunto e sempre cita coisas reais misturadas com ficção.

Agatha Christie também serve perfeitamente sem esquecer é claro de Sir Arthur Conan Doyle, Edgar Allan Poe, Oscar Wilde, Charles Dickens, Júlio Verne... Nossa, uma gama gigantesca de nomes consagrados prontinhos para serem saboreados, degustados por nós, ávidos leitores de bons textos, histórias, contos e porque não filmes?

Este pequeno retângulo composto de capa e folhas nos transporta para um ovo mundo, conhecemos pessoas maravilhosas, personagens que de certa forma deixam sua marca em nós, é claro que existe uma forma certa de escolher a literatura, não são todos os livros para ser lido a qualquer hora um exemplo clássico: você está triste, cansada, amargurada, nada dá certo, quer sumir? Leia um livro de suspense, terror, mistério, aventura... É verdade. Ler um romance meloso só vai deixa-la mais triste. Já um livro d terror vai prender sua atenção desde o início e é bom fazer o que o rei Stephen sugere “Deixe sempre uma luz acesa durante a noite, talvez você precise dela” é verdade, ler o “Cemitério” a noite e depois deitar e dormir... É uma escolha apenas sua.

Ler é mágico, todos já descobriram, mas porque será que não colocam em prática?

Não vale jogar a culpa no tempo, dá para dar uma lidinha a caminho do serviço no transporte público, 10 minutinhos dá para ler um montão...

No momento estou lendo alguns “A bruxa de Portobello”, “O enigma da casa de vidro”, “Por que não pediram a Evans?”, “Oito minutos dentro de uma fotografia” “O menino que colecionava sonhos”, “Convite para um homicídio”e “A metade sombria”.

Eu sei, são muito ao mesmo tempo é que tenho um na bolsa, outros em casa e outros no pen drive e dependendo do lugar que me encontro, se sobra um tempinho... Saco um amigo e desfruto de sua companhia! Simples não é mesmo?

Sugiro que façam o mesmo, ler é uma delícia, aumenta o vocabulário e expande horizontes...

Qual livro está lendo no momento?

XX MUNDIAL FEMININO HANDEBOL BRASIL 2011

Pela primeira vez na história do esporte o Brasil sediará os jogos de Handebol Feminino, o detalhe é que em 40 anos esta será a primeira vez que será realizado em pleno verão. Com certeza inesquecível para os esportistas, estudantes e claro nossos turistas!!!

O HANDEBOL NA HISTÓRIA
O Handebol foi criado pelo professor alemão Karl Schelenz, no ano de 1919. Após ter suas regras publicadas pela Federação Alemã de Ginástica, o esporte começou a ser praticado de forma competitiva em países como Áustria, Suíça e Alemanha. Nesta fase inicial, as partidas eram realizadas em campos gramados, como os de futebol.
O primeiro mundial aconteceu em 1957 e desde então é realizado a cada dois anos.
No Brasil, o Handebol foi introduzido no início da década de 1930. Em 1971, o Ministério da Educação incluiu o esporte nos jogos Estudantis e nos jogos Universitários Brasileiros. Dessa forma, ele se espalhou pelas escolas, conquistou muitos adeptos e é hoje o esporte mais praticado de forma regular nas competições.

O HANDEBOL NO BRASIL
O Brasil vem trabalhando e desenvolvendo sua equipe nos últimos anos, e como conseqüência conquistou nos jogos Pan-Americanos de Santo Domingo 2003 e do Rio de Janeiro 2007 todas as medalhas de ouro em disputa.

Confira os detalhes dessa emocionante competição:

GRUPO A
Noruega
Montenegro
Angola
Alemanha
China
Islândia

SANTOS
De 03/12 a 11/12
Jogos a partir das 15h
Local Arena Santos
Av. Rangel Pestana, 184 – Vila Mathias

GRUPO B
Rússia
Cazaquistão
Holanda
Coréia do Sul
Espanha
Austrália

BARUERI
De 03/12 a 11/12
Jogos a partir das 15h45
Local Ginásio José Correa
R. Guilherme Perereca Guglielmo, 1000 – Centro

GRUPO C
Romênia
BRASIL
França
Tunísia
Cuba
Japão

SÃO PAULO Brasil x Cuba – 02 de dezembro às 21h
De 02/12 a 18/12
Jogos a partir das 15h (de 03/12 a 18/12)
Local Ginásio Estadual Geraldo J. Almeida – GINÁSIO IBIRAPUERA
Rua Manoel da Nóbrega – São Paulo

GRUPO D
Suécia
Croácia
Dinamarca
Argentina
Costa do Marfim
Uruguai

SÃO BERNARDO DO CAMPO
De 03/12 a 12/12
Jogos a partir das 13h
Local Ginásio Municipal – Adib Moyses Dib
Av. Kennedy, 1.155

Bem, estes são os locais dos jogos, a Gislaine minha amiga e árbitra irá apitar alguns jogos e claro que eu e o Emerson iremos rs... Talvez mais alguns de nosso setor, mas o certo é que iremos!
Estamos esperando, esta semana ela irá pegar a tabela dos jogos que vai apitar e esperamos que ela apite todos por aqui mesmo em São Paulo ou em Santos...

Para maiores informações http://www.handeballbrazil2011.com/
Encontramo-nos lá!

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Nessie 22 septiembre 1936 Malcolm Irvine

Como verdadeira apreciadora deste ser fantástico, devo admitir que este vídeo é realmente intrigante. De todos que eu tenha visto, de todas as fotos raras que puder olhar com calma, este vídeo é o que mais me deixa ciente de sua existência...
Ok, está certo que o vídeo está péssimo e data de 1936, mas e os vídeos mais recentes logo abaixo?



Este logo abaixo é mais um documentário, bem, muitas coisas que vi neste vídeo e que pude entender estão lá no meu livro, coisas que descobri por meio de pesquisas e que achei agora neste vídeo, pequenos detalhes que fazem grande diferença!



Este é mais uma incógnita, parece sim ser uma gravação real de Nessie, mas não posso afirmar, esta forma de passar frame por frame, ou seja, imagens individuais de um filme, é interessantíssimo, é desta forma que eles conseguem descobrir detalhes ocultos...



Bem, este último só vocês poderão afirmar... Até parece realmente verossímel, mas não sei... Algo nas ondulações da água quando o animal passa em frete ao barco me deixaram meio que desacreditada. Bom, sei lá, pode ser mesmo a Nessie passeando por ali, mas que o primeiro vídeo é Fantástico disso eu não tenho a menor certeza!!!!



E não se esqueçam, mês que vem meu novo livro será lançado e logo mais estará nas livrarias... Curiosos por conhecerem mais um pouco sobre a Nessie? Vou adorar contar tudo o que sei...


quarta-feira, 16 de novembro de 2011

O Clube do Imperador X Frankenstein

Alguém já assistiu o filme "O Clube do Imperador"? É simplesmente fantástico... Quando li a sinopse achei interessante, mas depois que o filme começou a desenrrolar achei fabuloso...
É um destes filmes que você se encanta ao assistir e olha que eu amo filmes e este me deixou em dúvida, será que é melhor que "Sociedade dos Poetas Mortos" ou até mesmo "O sorriso de Mona Lisa"? Não sei, os três são divinos...

Sabe, a história é linda, um professor de uma escola tradicional só para rapazes que dedica sua vida para ensiná-los e tenta moldar o caráter de um filho de senador... Depois de 25 anos eles se encontram novamente para uma revanche e todos são adultos e o professor bem velhão... Não tem palavras só mesmo assistindo para entender, o filme é LINDO!!!!



Agora o clássico Frankenstein de 1931 branco e preto com o Boris Karloff é tremendamente fantástico. Creio que na época em que foi filmado nos idos de 1931 deve ter gerado muita polêmica, era um filme de terror, baseado nos filmes alemães que traziam muitas sombras e suspense. Este é o filme que mais se parece com o livro de Mary Shelley, já comecei a ler uma vez, mas não cheguei a terminar achei muito maçante a parte que ela explica a anatomia sabe, um assunto meio "chato" e eu era meio nova na época e claro não tão amadurecida como hoje rs... Para assistir filmes de terror e ler livros de terror é preciso uma certa maturação, não tem como fazer as coisas antes do tempo... Compreendem? Vou começar a ler novamente este livro e deixarei meu parecer por aqui brevemente...

Bem, não preciso dizer muita coisa, só que é um filme explêndido para a época e que nos deixa com uma certa pena do monstro, já que ele não pediu para ser criado, ele não entende nada, tudo que faz é errado e as pessoas o temem e o provocam... Só assistindo para sentir o mesmo que eu...

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

"Edward Cullen não existe! Príncipes existem!"

Bom, nem sei por onde começar... Hoje ao abrir meu blog tive uma surpresa muito agradável! Sim... A Tânia Gonzales está seguindo meu blog e outra coisinha rs... Deixou um comentário bem fofo e simpático, obrigada querida!

Sei que fiquei de comentar sobre os outros livros dela, então, nada mais justo do que começar a colocar em prática certo?

Conheci o livro da Tânia meio que por acaso, eu estava no serviço e encontrei o Scribd, minha amiga me disse que era um site interessante e que dava para ler e baixar livros, não gosto de fazer isso, mas achei que seria uma boa idéia deixar alguns livros salvos no pen drive para ler no serviço quando surgisse um tempinho... Encontrei "Edward Cullen não existe! Príncipes existem!" Este título me interessou demais, sou meio doida pela saga Crepúsculo e achei bem criativo o nome, realmente fiquei ansiosa para ler, então baixei o livro e mergulhei fundo.

É uma história deliciosa, conta a vida de uma menina que perde a mãe em um acidente de carro e que mesmo assim continua firme em seus ideais, vive com o pai e o irmão e eles decidem mudar de casa... Novos ares, novos amigos, nova igreja, um recomeço para todos.

Só que no meio disso tudo surge... Uns olhos azuis? Um rapaz mais velho, da mesma igreja?
Bem... Não posso continuar a contar, você precisa ler e depois tirar suas próprias conclusões!

Fácil de ler, prende a atenção do início ao fim. O ritmo da leitura é excelente, quando você percebe já terminou o livro e aí sobra apenas aquele vazio característico sabe? Sou assim, sempre fui e sempre serei, todas as vezes que leio um livro e que gosto das personagens fico muito triste quando o livro termina, dá um vazio, uma vontade de começar tudo novamente rs... É por esta razão que leio os livros que gosto mais de uma vez, "O Morro dos Ventos Uivantes" que é o meu preferido já li mais de 10 vezes, mas isto é assunto para outra postagem, quando eu falar sobre a Emily Brönte...

É preciso ler o livro para entender o título que cá entre nós tem tudo a ver!

Tânia, você está de parabéns!!! Amo os três livros, nem sei qual é o preferido, espero em breve mais um para eu devorar, comecei a ler "Pausa" e estou amando. Você tem toda a razão, de vez em quando precisamos de uma pausa para colocar a vida nos eixos e continuarmos o caminho sinuoso, só desta forma atingiremos nossos objetivos juntamente com nosso Criador....
 
O livro está bem aqui para satisfazer a curiosidade de todos, sei que irão adorar... Boa leitura!





quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Pega ladrão!

Se roubarem seu celular, surpreenda o ladrão...

A DICA É MUITO INTERESSANTE, ATÉ PORQUE POUCA GENTE TEM O HÁBITO DE LER MANUAIS. Agora, com esta história do 'Chip', o interesse dos ladrões por aparelhos celulares aumentou. É só ele comprar um novo chip por um preço médio de R$30,00 em uma operadora e o instalar no aparelho roubado. Por isso, está generalizado o roubo de aparelhos celulares.
Segue, então, uma informação útil que os comerciantes de celulares não divulgam. Uma espécie de vingança para quando roubarem celulares.
Para obter o número de série do seu telefone celular (GSM), digite *#06# Aparecerá no visor um código de algarismos.. Este código é único!!! Anote e guarde-o com cuidado!!!
Se roubarem seu celular, telefone para sua operadora e informe este código. O seu telefone poderá então ser completamente bloqueado, mesmo que o ladrão mude o 'Chip'.. Provavelmente, você não recuperará o aparelho, mas quem quer que o tenha roubado não poderá mais utilizá-lo.
Se todos tomarem esta precaução, imagine, o roubo de celulares se tornará inútil. Envie isto a todos e não esqueça de anotar o número de série do seu celular!!!



segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Halloween ou Reforma Protestante?

Por favor, não se esqueçam, o dia 31 de outubro deve ser lembrado como o dia da Reforma Protestante, como o dia da Bíblia, quando em 1517 Martinho Lutero afixou suas 95 teses na porta da Igreja de Wittemberg listando o que entendia estar errado na igreja da época, fato que foi usado por Deus para mudar a história da humanidade!

Não permita que os telejornais o (a) enganem. O dia 31 de outubro não deve ser visto como o dia do Halloween.
O dia 31 de outubro está relacionado com a luta pela moral e pela ética, não a um acontecimento macabro e fúnebre como equivocadamente querem nos fazer acreditar.


É claro que já fui a festas de Halloween e gostei, mas que o VERDADEIRO significado da data seja dito também né...




domingo, 30 de outubro de 2011

Túnel do tempo...

A Zenilda trouxe hoje uma rifa, vejam só... Fazia anos que eu não via uma rifa rs... E claro que comprei o meu lindo nome... É uma rifa dos produtos da Jequiti, o ganhador receberá duas cestas uma grande e outra pequena uma para si e outra para presentear e ainda ganhará dois cupons para concorrer ao programa do Silvio Santos “Roda a roda” rs...

Bem, relembrando rifas e reuniões de produtos em casa de vizinhas, voltei no tempo no ano de 1985, 1986 mais ou menos. Morávamos em Suzano e minha mãe vendia mil catálagos rs... Ela vendia Hiroshima, Avon, Daya, Christian Gray, Mayumi e etc...

Era muito bom na parte da tarde todas se reuniam em determinada casa e organizavam uma reunião bem animada com sorteios, limpezas de pele, testavam os produtos e no final tinha uma mesa repleta de guloseimas... Eu adorava acompanhar minha mãe, era muito divertido.

Sabe, assistindo “Todo Mundo Odeia o Chris” lembrei-me destas reuniões no episódio em que a Rochelle começa a vender produtos Ivone rs... E parei para lembrar aquela boa época que minha mãe fazia o mesmo. E hoje quando a Zé trouxe a rifa senti uma nostalgia boa...

Sei lá, sinto-me lisonjeada por ter aproveitado a década de 1980, foi a melhor fase das músicas nacionais e internacionais, as melhores bandas surgiram neste período também. As roupas mais doidas e feias, os piores cortes de cabelo, os melhores shows aqui em terras Tupiniquins... A década de 80 foi fantástica. Não é à toa que o almanaque dos anos 80 é DIVINO!!!

Pois é, esta postagem foi graças à rifa da Zé... Agora eu tenho que ganhar!

Por que é tão difícil ler instruções?


Olha, finalmente a inscrição para atribuição de aulas de 2012 acabou!!! EBA!!!
Não consigo entender como no geral TODOS os professores que entravam em contato conosco não conseguiam gerar uma única senha... Isso mesmo, uma mísera senha, descobri o motivo: não liam o regulamento e muito pior, ao lado do botão estava escrito MANUAL PARA ATRIBUIÇÃO DE AULAS... Hã? MANUAL???? Por que não ler???
Bem, fora as pérolas isso me deixava muito irritada, não liam, não clicavam, não abriam o e-mail... Desta forma fica complicado ajudar não é mesmo?
Eu só penso uma coisa: como um professor deste consegue passar em um concurso público?
Eu dei risada da Zenilda que cometeu uma gafe bizarra e quase fiz igual rs... Onde já se viu, criei tantas senhas que na hora que eu estava conversando com o professor quase escapuliu a senha gdae 1,2,3 kkkk a Zé foi pior, quando se despediu do professor disse “A Secretaria agradece 1,2,3 kkkkk”.
Sem comentários, ainda bem que terminou a inscrição...



O desperdício de alimentos no Brasil

Nosso lixo é riquíssimo! O desperdício aqui no Brasil é absurdo. Quantas pessoas morrem de fome todo minuto no mundo inteiro enquanto jogamos fora toneladas de alimentos em excelente estado que dariam para alimentar uma nação inteira! Isso mesmo, uma nação inteira...

Acho inadmissível jogar comida fora enquanto pessoas passam fome. Por que um restaurante não pode distribuir a comida que sobra para os moradores de rua? Que lei é essa que concorda com tal atrocidade? Escolas fazem merenda para alunos do período da manhã e se sobra é jogado fora e feito tudo novamente para os alunos da parte da tarde. É um erro gravíssimo fazermos isso! Ok, em nossas casas quando sobra comida não jogamos no lixo, colocamos na geladeira, esquentamos na hora da próxima refeição e aproveitamos as sobras vamos dizer assim, porque não fazer o mesmo nas escolas e restaurantes?

Certa vez assisti um documentário na escola e isto ficou gravado em minha mente, era sobre miséria e falta de comida na África, Somália ou Índia, não lembro bem. O que doeu muito foi ver mães levarem crianças pequenas no mercado e comprar uma colher de leite para cada uma tomar e ir para casa, você consegue se imaginar tomando de manhã apenas uma colher de leite?

Eles fazem também rolinhos de barro, assam no fogo e comem e uma das coisas mais nutritivas que comem é sangue misturado com leite, eles não matam o boi, eles aproveitam um pouco do sangue, misturam no leite e bebem esta mistura...

As crianças de lá as vezes ficam com a cor do cabelo de um loiro esbranquiçado, da cor de palha de milho, sabem por qual motivo? Por falta de um nutriente que existe no arroz, eles passam tanta fome que até mesmo no arroz que é um dos alimentos menos rico em nutrientes, eles sentem a falta.. Agora vamos continuar a deixar este tipo de coisa acontecer? Eu sei que a comida começa a estragar a partir do momento que é feita, mas em casa também passamos mal com algumas coisas que ingerimos. Seria muito mais simples se os estabelecimentos não jogassem fora tantos alimentos e sim doassem para os necessitados. Vi uma reportagem de uma mulher que enchia a geladeira dela com alimentos tirados do lixão! Triste não? E tinha tudo, carnes, ovos, legumes e frutas. Ela também conseguia alimentos no final da feira, voltava para casa com sacolas cheias e os feirantes a deixavam pegar tudo que estivesse no chão, claro que muitas vezes eles separavam coisas para ela, mas a maioria ela pegava do chão...

Bem, este tipo de atitude só irá mudar quando nossos representantes DECIDIREM que é hora de mudar e fazer alguma coisa realmente interessante, boa e justa para com a população. Um País rico como o nosso não era para ter tantas desigualdades, um lugar onde o solo é bom, o clima é excelente, não temos secas, só em algumas partes do Nordeste rs... Somos privilegiados por morarmos em um País livre, sem guerras, sem tremores de terras ou até mesmo tsunames, nossos representantes só deveriam cuidar melhor da população que acreditaram neles e se hoje estão onde estão devem isso a todos nós!!!

POR FAVOR!!! Não desperdice ALIMENTOS!!!

sábado, 29 de outubro de 2011

Hojé é o dia do LIVRO!!!

Hoje é comemorado o dia do LIVRO, que tal fazer um passeio pelas principais bibliotecas de São Paulo e mergulhar em um mundo de imaginação e fantasia, ou talvez informação e conhecimento?

A biblioteca Mário de Andrade é uma das mais importantes bibliotecas de pesquisa do país.

Foi fundada em 1925 como Biblioteca Municipal de São Paulo, é a primeira pública da cidade e a segunda maior do país, superada, apenas, pela Biblioteca Nacional. Foi inaugurada, em 1926. Localizada no Centro da São Paulo, o local contempla um dos maiores acervos culturais do Brasil, com mais de 3 milhões de itens, entre livros, periódicos, mapas e materiais audiovisuais. Imaginem só eu lá... Tudo de bom rs...

Recentemente reformada, contém diversas salas de leitura, além de uma sala de convivência e um auditório.

Esta biblioteca oferece uma vasta programação cultural e gratuita aos cidadãos - encontros com escritores, lançamentos de livros, leituras dramáticas, apresentações musicais, dentre outros.

Localizada na Rua da Consolação, 94 no centro de São Paulo. Funciona de segunda à sexta-feira, das 8:30 às 20:30 e aos sábados, das 10:00 às 17:00. Próxima às Estações República e Anhangabaú. Tel.: (11) 3256-5270.

É claro que o Centro Cultural São Paulo não poderia ficar fora desta, é um lugar repleto de livros maravilhosos, inaugurado em 1982, foi um dos primeiros espaços culturais multidisciplinares do país. O local mantém um conjunto de três bibliotecas, que reúne mais de 50 mil obras em acesso direto ás estantes, a gibiteca Henfil, com quadrinhos, periódicos e livros sobre HQ a sala de Literatura Infanto-Juvenil, que se dedica a contações de histórias e a Biblioteca Louis Braille, com clássicos da língua portuguesa, livros didáticos e obras infanto-juvenis para pessoas com deficiência visual.Localizado na Rua Vergueiro, 1000, Paraíso. Funciona de terça à sexta, das 10:00 às 20:00, e aos sábados e domingos, das 10:00 às 18:00. Site http://www.centrocultural.sp.gov.br/ Tel.: (11) 3397-4002.

Finalizando com a Biblioteca de São Paulo. É uma iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura para incentivar o gosto pela leitura. A Biblioteca de São Paulo integra diversas mídias e coloca a literatura ao lado de seus mais "fortes concorrentes", como os jogos eletrônicos, a televisão e a internet.

A biblioteca oferece leitura de livros, revistas e jornais, empréstimo domiciliar e de materiais de outras bibliotecas, programas de leitura e acesso gratuito à internet. Em sua enorme área é possível escutar música, assistir a um bom filme, brincar com os jogos eletrônicos e relaxar nos vários locais de convivência.Localizada na Avenida Cruzeiro do Sul, 2630, Santana. Funciona de treça à sexta-feira, das 9:00 às 21:00, Site http://www.bibliotecadesaopaulo.org.br/ Tel.: (11) 2089-0800.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Comemoração antecipada do Dia do Funcionário Público...

A Flávia quase não saiu, só a Lu e eu rs...


Bem, ontem na Secretaria de Estado da Educação onde trabalho o Programa Qualidade de Vida no Trabalho organizou um evento bem interessante em comemoração ao dia do funcionário público. Foi antecipado, o dia mesmo é na sexta-feira 28, mas estaremos em casa descansando...
O evento estava marcado para as 15:00h, então eu e as garotas fomos até o banheiro e nos arrumamos, passamos um gloss nos lábios, um rímel nos olhos e ficou tudo ok kkkk...
Logo na entrada todos os funcionários recebiam uma flor, acho que é Gerbera, preenchíamos um canhotinho para concorrer brindes e eu não ganhei nenhum :( No início começamos com três músicas do coral da Secretaria, foi bem legal. Logo em seguida, o secretário, o chefe de gabinete e o secretário adjunto deram uma palavrinha, agradeceram a participação de todos, enfim, nos prestigiaram.


Teve um momento bem emotivo também, quando um cadeirante com uma doença degenerativa contou sua história de vida, muito tocante por sinal. Ele até fez uma brincadeira que consistia em ficarmos em pé e levantar a mão direita e a perna esquerda, e depois o inverso, sabe coisas simples que fazemos a todo o momento e nem nos damos conta e ele gostaria de fazer e não pode... Contou como foi o primeiro dia de aula no ensino regular e que não conseguia assimilar o conteúdo e nem copiar a lição e que pensou seriamente em desistir, mas o pai não permitiu e no dia seguinte um aluno copiou a lição para ele, desta forma ele poderia se concentrar na explicação, depois este aluno passou o caderno dele para o aluno de trás e assim sucessivamente todos os dias no decorrer daquele ano...


Ele conseguiu entender a matéria e tinha um pouquinho de cada aluno em seu caderno, todos cooperaram... Foi muito emocionante não teve uma pessoa que não se emocionou no auditório!
Depois do depoimento dele assistimos uma peça muito engraçada que abordava o tema da qualidade de vida no trabalho, bem interessante por sinal...


Durante toda a programação teve sorteios de brindes e a safada da Cris ganhou uma bola de futsal em uma sacolinha retornável linda de listras... Eu não ganhei nada!!!
Para finalizar uma orquestra de viola caipira se apresentou, vou dizer verdade: não é meu estilo, mas concordo que até a terceira quarta música no máximo consegui escutar tranqüilamente e sem me incomodar, só que depois, o carinha folheava toda a hora a pasta com as músicas e aquilo foi me dando uma gastura kkk a Luana já estava lá na porta inquieta... Sabe, fiz questão de contar e achei que dez músicas foi demais, viola caipira então? Nem se fala! A Cida estava toda empolgada no início, balançava os braços, cantava juntos, fechava os olhos, mas depois, foi ficando quieta, foi deixando de se balançar no ritmo rs... Tudo bem que ela foi comprar o dvd, mas já era quase 18:00h...
A orquestra é muito boa, verdade seja dita, mas até o tiozinho estava cansado, nem tocava mais direito, deixava uma mão na perna e fazia uma cara meio cansada rs... Para ter uma idéia eles foram convidados para se apresentarem em Viena... Quer mais o que?
No finalzinho ganhamos um lanchinhos fantástico em uma caixinha branca de papelão com uma baguete de peito de peru com alface e queijo, um suco de uva da Del Valle, uma maçã, e uma barrinha de cereal e para fechar com chave de ouro uma fatia de bolo de brigadeiro branco com fios de ovos e amendoim picadinho hum... Já estava dentro de uma embalagem plástica... Delicioso!!!
O Enem precisa aprender com o PQVT da SEE...


segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Festival do Livro e da Literatura em São Miguel

Pela sexta vez, a Fundação Tide Setúbal (Rua Mário Dallari, 170 tel 3168-3655) promove entre os dias 25 e 27 de outubro o Festival do Livro e da Literatura de São Miguel paulista. O festival ocorrerá em 15 locais diferentes da Zona Leste.

Acontecerá uma homenagem ao poeta Ferreira Gullar, maranhense que fará uma palestra no último dia.

No mesmo dia, a partir das 15h, na Praça Fortunato da Silveira, conhecida como Morumbizinho, em frente da Universidade Cruzeiro do Sul, haverá discussão em torno da literatura brasileira contemporânea e seu diálogo com os leitores.

Os convidados são Eucanaã Ferraz e Luis Ruffato. Um dos principais objetivos do festival é criar um movimento de estímulo à literatura na região.
Eucanaã Ferraz



“Trabalhamos pela garantia dos direitos humanos. Queremos contribuir para que os espaços públicos voltem a ser lugares de livre expressão da vida social e da sociabilidade”, afirma Tião Soares, idealizador das atividades e coordenador de Cultura da Fundação Tide Setúbal.

Luis Ruffato



Ao longo dos três dias, grupos artísticos também vão motivar transeuntes nas ruas a se integrar á programação por meio de recitais de poemas, dança e música. Nesse mesmo contexto, entre as estações de trem São Miguel e Jardim Romano, haverá um “trecho literário”, no qual passageiros poderão ver apresentações artísticas e ouvir contos e poemas nas plataformas e nos vagões.

Trecho extraído do Jornal do Metrô



ENEM 2011


É verdade, eu trabalhei no ENEM 2011. Foi uma correria total, dois dias de pauleira, mas foi uma experiência muito legal, inovadora, a princípio assustadora e cansativa.

Primeiramente quero dizer que o lanche é muito RUIM! Sim, péssimo, um enroladinho de presunto, queijo e tomate ressequido, frio e meio cru, com um suco de caixinha de maracujá no primeiro dia e no segundo de pêssego de uma marca que nunca vi Nutri-alguma-coisa... E como sobremesa uma goiabada ou bananada do tamanho de uma caixa de fósforos, bem fina e sem marca rs... Horrível eu sei rs... Detalhe, este lanche fabuloso, nutritivo e completo era para o dia todo e devia ser ingerido até no máximo 11:50, ou, se desintegraria... Brincadeira precisava ser desta forma, pois os portões abriam às 12:00 e fiscal não podia comer dentro da sala...

Sim, a experiência foi assustadora no sentido de você perceber que o futuro de várias pessoas está em suas mãos, sim, imagine, você responsável por uma sala com 64 pessoas, muitas querendo o certificado para o Ensino Médio. A maioria sonha em conseguir entrar na faculdade dos sonhos, havia uma moça ontem que estava fazendo o ENEM pela 10ª, ela quer fazer medicina... Viu só como é complicado?

Temos que redigir os participantes ausentes imagine se você digita um número errado e é justamente o número de uma pessoa que está na sala? Você acaba prejudicando o futuro dela...

Eu sempre recebia pelo e-mail “Pérolas do ENEM”, mas nunca acreditei que fosse real, agora eu sei que são! Onde já se viu fazer uma redação sem título, eles lêem, mas não entendem, não sabem interpretar um texto, eles acham que só pelo fato de conter um tema, não precisa de título... Como pode? SEMPRE uma REDAÇÃO precisa de título, não existe um texto sem título, acredita que precisei falar isso???? Pois é...

Bem, acontecem muitas coisas em sala, um exemplo bem simples é quando você explica para cada um o que deve ser preenchido no Cartão-Resposta e mesmo assim, preenchem errado, ou, não preenchem... Ainda não sei o que é pior!

Outra coisinha é sobre o bendito papel de Rascunho de todos recebem logo no início, é explicado que aquele papel em branco é para o participante utilizar da melhor maneira, fazendo cálculos, a redação, enfim, o que quiser afinal de contas é o rascunho...
Então, está escrito no próprio papel que é RASCUNHO, logo na folha que entregamos no início mostramos o local onde o participante DEVE passar a limpo a redação... E não é que teve uma moça que não quis passar a redação a limpo no local correto? Só deixou no rascunho e não quis também transcrever o nome no local indicado e muito menos assinar? O que acontece neste caso? Uma única palavra ELIMINAÇÃO!!! Sim, se não passou a limpo, não assinou e não transcreveu, então ela dançou, e mais, perdeu tempo à toa no domingo indo até lá, perdendo quase três horas de prova para ser eliminada...


Outra coisa importantíssima: transcrever a frase do Caderno de Questões que se encontra na CAPA e a cor do mesmo... Esse caderno é o livrinho onde estão as questões, o participante lê todas as instruções que constam na capa e descobre qual é a frase, pois a mesma está dentro de um retângulo branco e é curta, para caber no espaço para ser transcrita. A cor está escrita dentro de uma esfera no canto superior da capa bem, claro “A cor deste caderno é...” Acreditam que escreveram errada a frase? A mesma pessoa e nos dois dias???? Ninguém merece...

Gente é muito simples, é só ler...

Agora preciso dizer uma coisinha, como uma pessoa que não lê as instruções, que não quer seguí-las exatamente quer passar? Quer entrar em uma Universidade? Não consegue interpretar um enunciado, confunde tema com título, não marca a cor da prova, transcreve errado a frase... Imagine que colocaram como frase “Exame Nacional do Ensino Médio...” parece piada não? Não é piada! É a dura realidade...

Foi muito legal, encontrei quase todos os meus amigos de trabalho por lá, nos encontramos no metrô e foi muito bom...
Fora todas estas interpéries, eu AMEI trabalhar no ENEM!
ENEM ano que vem? SIM!!!

PS: Hoje tem cinema na SEE, mas não irei, quero ir para casa e descansar é daquele projeto Programa Qualidade de Vida no Trabalho (PQVT), fica para o próximo, estou cansada :(

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

História em série?

Sim, história em série, uma novidade que estou digerindo há um certo tempo...

Comecei a ler “Lagoena” de uma autora nova, é uma história bem interessante que envolve magia, bruxos, magos, enfim, todo este universo meio “Senhor dos Anéis” rs...
Confesso que não é o tipo de leitura que me apetece, mas a história é bem interessante e como é por série, prende a atenção.

Esta história é liberada todas as terças-feiras a partir das 13:00h. Ops, ontem foi terça e não li o terceiro capítulo rs... Vou ler hoje para não perder, é como uma novela, muito inovador!

O primeiro capítulo é livre, já os demais você precisa fazer cadastro para serem liberados.

Qualquer um pode publicar por este site, só precisa estar registrado na Biblioteca Nacional para ninguém roubar seus direitos autorais, como tudo que escrevo é registrado não foi surpresa rs... Atente-se também em fazer uma revisão textual com um profissional para não ficar um texto com erros de ortografia.

O texto precisa estar completo ok? Os responsáveis irão ler e verificar se está de acordo com o que exigem e se for aprovado, publicam.

Eles elaboram uma capa super bonita e chamativa e ao final de cada capítulo liberado você clica em “lido”. Dá até para deixar comentários para o autor...
Conforme você vai lendo, fica registrado, não tem como se perder no meio da leitura é bem legal e depois ficam disponibilizadas as temporadas anteriores... Super diferente e inovador...

É claro que já fiz meu cadastro por lá e logo publicarei um excelente texto quando terminar... Outra coisa: o texto precisa ser de autoria própria e inédita, não pode ser publicado em lugar nenhum, depois de um tempo você pode publicá-lo em outros meios, é só dar uma lida no regulamento...

Estou deixando o link para a página do “Lagoena” espero que gostem assim como eu estou gostando e se deixarem comentários lá no site à autora ficará imensamente feliz!

1º episódio...


Quando o meu for publicado aviso todos rs... Só preciso terminar de escrever e registrar rs...

Boa leitura!



segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Pausa de Tânia Gonzales


Confesso que este livro da Tânia eu ainda não li, mas disponibilizo aqui para todos que quiserem conhecer esta excelente escritora.
Descobri a Tânia por acaso e me apaixonei por seus livros, já li os três primeiros e agora vou ler este...
Farei uma postagem para cada um dos livros dela, desta forma poderão conhecer e se encantar também...
Excelente leitura para vocês!!! Quero comentários depois...


Dia da Bíblia - 26 de setembro

TODO MUNDO LEMBRA O DIA DO SEXO, DIA DO BEIJO, DIA DISSO, DIA DAQUILO... HOJE É DIA DA BÍBLIA. SE VOCÊ É CRISTÃO COMO EU, COLE ISSO NO SEU MURAL No facebook ou em seu twitter, não tenha vergonha!!
GALERA VAMOS HOMENAGEAR NOSSO MANUAL DO SER HUMANO!!
BÍBLIA AMADA PARABÉNS PELO SEU DIA!!




quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Gripe fortíssima....

"Eu tenho tanto pr'a lhe falar, mas com palavras não sei dizer...."

Sei que estou em falta! Completamente.... Eu sei, stou erando feio com vocês, logo logo9 vão abandonar meus blogs e isso não pode acontecer....

Tenhop vários textos para postar, tudo que é interessante e que acho que será legal separo para o outro blog, para este como de costume são textos escritos por mim, mas ultimamente venho avacalhando...

Hoje estou com a narina congestionada, olhos lacrimejando e moleza, uma gripe horrível!!!

Pode deixar, assim que eu melhorar voltarei a postar, tenho muitas novidades... Aguardem...


terça-feira, 16 de agosto de 2011

Por que os homens têm medo de mulheres inteligentes?

Sim, os homens têm medo de mulheres inteligentes, isso já foi comprovado não apenas por nós do sexo oposto.

Quantas e quantas vezes você não se deparou com um homem lindíssimo, que sabe conversar, que tem um ótimo papo e que parecia perfeito? De repente, como se algo grave acontecesse ele some, sai de circulação... O QUE HOUVE?

Sim, é difícil admitir, mas mesmo hoje com toda a tecnologia e com os direitos “iguais”, ainda existem homens que se sentem “ameaçados” pelas mulheres!

Ameaçados no sentido de não terem muita convicção de suas potencialidades, é verdade. Os homens sentem-se acuados quando encontram em uma mulher os mesmos interesses, atitudes, desafios, perspectivas, sonhos, projetos...

Mulheres que sabem conversar acabam deixando muitos homens com medo de se expressarem... Sei lá, acho que se sentem inseguros quando se deparam com uma adversária a altura deles.

Quantas e quantas vezes você conversa com um cara e quando diz sua profissão puf... Ele fica meio mudo, tenta puxar um assunto similar ao o que você está “habituada” conversa mais algumas vezes e em ocasiões onde não dá para estender muito o assunto e como num passe de mágica desaparece?

É minhas amigas, causamos este efeito na maioria deles... Triste eu sei, mas o que podemos fazer? Não contarmos o que fazemos? É uma boa pedida, mas não creio que seja a solução mais sensata... Precisamos dar valor ao nosso conhecimento! Somos seres pensantes!

Sei que algumas mulheres fazem questão de se mostrarem antipáticas e querem passar uma impressão de que são superiores aos homens... Assim também não dá... Será que elas nunca escutaram a expressão “meio termo”?

Tudo que é em exagero atrapalha... Então garotas, da próxima vez que conhecerem aquele gato, nada de se exporem demais ok? Parcimônia é a palavra de ordem!

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Um Pouco de Poesia nas Agruras do Dia-a-dia!

O PQVI - Programa de Qualidade de Vida no Trabalho na Secretaria de Estado da Educação "SEE" convidou todos os funcionários e amigos amantes da Literatura Brasileira, a participarem de uma edição especial do projeto "Um pouco de Poesia nas agruras do Dia-a-dia".

Este encontro foi uma parceria com a Coordenadoria de Educação e Cultura da AFPESP, que sob a mediação do profº Hosaná Dantas - Chefe de Eduacação e Cultura da AFPESP e Professor de Literatura Brasileira, nos trouxe esta atividade de reflexão do cotidiano para mais apreciadores da literatura nacional que ainda não conheciam e não tinham participado dessa experiência única.

Foi simplesmente encantador, a poesia nada mais é do que o sentido, a emoção, o sentimento que compartilhamos... TUDO é poesia e não apenas a forma como ela é escrita... Muito interessante!!!

Detalhe: a Jéss, o Jefferson e eu rs...



PS: Saimos no Jornal do Servidor Público... Chique não??? Rs...

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Novidade quentinha rs...

Amigos queridos!!!!

É com grande satisfação que comunico a publicação de meu segundo livro!!! Isso mesmo...

Duas editoras entraram em contato interessadas em publicar "Nessie: o verdadeiro tesouro da Escócia!" e uma está interessada no "Bonequinha Preta e outras histórias"... Estou radiante rs...

Bem, não tenho muitas informações ainda, só as básicas mesmo, me encaminharam o contrato para eu ler e assinar, tive algumas dúvidas sobre umas cláusulas e estou aguardando resposta para enfim assiná-lo... Ai ai rs...

Aviso logo que tiver mais novidades, então aguardem, logo mais Nessie estará entre nós!


sexta-feira, 29 de julho de 2011

A casa geminada

Nos idos de 1986 minha família e eu nos mudamos para uma cidade de interior, não era bem interior era considerada grande São Paulo.
Vivemos ali durante quatro longos anos e retornamos para São Paulo capital no ano de 1989, na metade daquele ano para ser mais exata.
Nossa rua era muito tranqüila, havia um terreno enorme e cheio de mato em frente nossas casas, a rua de terra vermelha ainda não era asfaltada e as casas eram todas iguais, quintal grande, dois dormitórios, sala, banheiro, cozinha e quintal nos fundos. Os cômodos eram espaçosos, apesar de tudo era muito gostoso morar naquela rua. Os vizinhos se cumprimentavam, minha mãe vendia produtos de vários catálogos e sempre havia reuniões nas casas das vizinhas para demonstração dos mesmos. Era muito divertido, um monte de mulheres experimentando produtos, fazendo gincanas e ganhando brindes e as crianças também participavam, mas o que mais gostávamos era do final das reuniões. No final sempre tinha bolo, salgadinhos, sucos, refrigerantes... Para nós era uma verdadeira festa.
Nossa rua era muito larga e comprida, bem calma, eu andava de bicicleta na parte da tarde e minha mãe ficava no portão olhando, depois nós entrávamos e eu ia brincar em meu quintal. A casa era bege e marrom, com portão de ferro baixo, o quintal todo cimentado, mas tínhamos um jardim lindo com árvores, roseiras, copos de leite, sapateiros, azaléias e etc... Todos adoravam nosso jardim. Por este motivo a tartaruga do vizinho ficava em casa para andar na terra, já que nossa casa era a única que possuía jardim.
Estas casas eram geminadas, casas pré-fabricadas grandes e que depois são divididas ao meio e se você colocar o ouvido na parede ouve um murmúrio das pessoas da outra casa. Minha mãe não deixava que fizéssemos isso, mas de vez em quando sem ela ver, escutávamos.
Nossos vizinhos também eram muito amáveis, do lado direito morava um casal que não tinham filhos, no lugar eles possuíam um casal de cachorros de corrida, eram da raça Fila.
Do outro lado morava um casal com três filhos e é sobre eles que contarei uma história.
Em nenhum momento você pode rir, é uma história triste, e desta forma é sempre bom respeitar os mortos...
Seu Odair era um homem jovem, devia ter no máximo quarenta anos. Era magro, corpo atlético e costumava raspar a cabeça. Sua esposa Erundina tinha os cabelos bem curtos, penteados para trás, magra, alta e muito simpática era super amável com todos.
O filho mais velho era de seu primeiro casamento, Marquinhos tinha uma deficiência mental, mas era mínima e quase não dava para perceber, os outros dois menores eram do casamento com o senhor Odair. O menor chamava-se Ricardo e o do meio André.
André e eu estudávamos na mesma escola, mas não sei por que cargas d’água não me lembro dele na escola...
Quando chegávamos da escola ao 12:00, fazíamos nosso dever e depois brincávamos no quintal, meus vizinhos eram muito divertidos e estudávamos todos no período da manhã.
Passávamos a tarde toda conversando e brincando. Minha mãe não me deixava brincar na rua, quando ela deixava, ficava no portão olhando, ou depois de 30 minutos aparecia no portão para eu entrar. Os outros ficavam em frente ao meu portão conversando e quando minha mãe deixava ficavam em meu quintal.
Outra coisa que eles faziam e que eu morria de vontade de fazer era subir no forro da casa, uma espécie de sótão. A portinhola ficava nos fundos da casa e era só colocar uma escada para subir e entrar naquele local misterioso e esquecido. O melhor de tudo era que independente da casa que você entrasse o sótão era da casa inteira, um local amplo onde eles ficavam a tarde toda conversando rindo e às vezes jogando palitos pelo minúsculo orifício da lâmpada. Esta brincadeira não durou muito tempo, minha mãe acabou com a folia rapidinho...
O filho menor não me lembro muito bem, sei que brigávamos bastante, tinha os cabelos cor de fogo, rosto redondo e muitas sardas.
Aquela família era igual a tantas outras famílias que estamos acostumadas a ver. Saiam juntos, conversavam, brincavam, enfim... Tudo normal.
Ao chegar o fim de semana mais propriamente na sexta-feira houve um acontecimento inusitado na casa de dona Erundina, o filho mais velho arranjou briga com o padrasto, por que ele queria bater na mulher novamente. Ele era um bom homem até ficar bêbado geralmente isso acontecia constantemente, então ele ficava como louco e batia em todos dentro de casa, quebrava coisas e no dia seguinte saia de mãos dadas com a mulher como se nada tivesse acontecido. Ele chegou a quebrar a perna e o braço do filho do meio certa vez em um acesso de fúria.
Aquela sexta-feira ele chegou em casa muito bêbado, caindo pelos lados e mal entrou dentro de casa começou a estrangular a esposa, esta não podia gritar, pois ele não deixava, tapava a boca dela todas as vezes que a espancava. Marquinhos para salvar sua mãe pulou sobre seu Odair e começou a dar murros, foi uma luta violenta, de repente todos os vizinhos presenciaram uma cena que nunca haviam visto; o marido correndo atrás do filho adotivo com uma corda para enforcá-lo. Erundina correndo atrás pedia a Deus para que poupasse seu filho, este pulou o portão e correu na direção do cemitério.
Seu Odair pegou o carro, enrolou a corda e jogou no banco traseiro, disse que só voltaria para casa arrastando o garoto amarrado pelo pescoço. Foi uma noite bem tumultuada, Erundina chorava no portão, os pequenos estavam com os olhos arregalados e qualquer barulho de carro aterrorizava a todos.
Já era madrugada quando seu Odair voltou sem o Marquinhos, estacionou o carro, deixou a corda no banco traseiro e entrou.
Passaram-se semanas e nada de Marquinhos aparecer, certa noite ele apareceu enquanto o padrasto estava trabalhando, arrumou suas coisas e foi embora. Nunca mais ninguém comentou sobre o ocorrido daquela noite e ele também não apareceu mais...
Erundina certa vez disse para minha mãe que precisava viajar as pressas seria apenas um fim de semana e deixou o cachorro aos nossos cuidados, isso foi no sábado na parte da tarde.
Aquele sábado a tarde tinha tudo para ser um sábado comum, o dia havia amanhecido quente, um sol maravilhoso, as pessoas lavavam seus carros na frente de suas casas, as crianças brincavam na rua de terra, os vizinhos se cumprimentavam e seu Odair também lavava seu carro. Estava bem animado naquela manhã, usava apenas um calção preto de nylon de listras brancas na lateral.
Ele terminou de lavar o carro, encerou e sentou-se na calçada com um prato de macarronada bem vermelhinha e um copo grande de cerveja, ela estava bem geladinha pela aparência, pois estava toda suada. Depois de almoçar ele ainda lavou o quintal e no fim da tarde entrou em sua casa.
Minha mãe estava na sala assistindo “Mandala” uma novela que passava no horário nobre e minha irmã fazia café na cozinha. Meu pai havia acabado de chegar do serviço com um enorme e suculento pão italiano debaixo do braço. Eu já estava deitada, sim, minha mãe me colocava para dormir às 20:00 e eu claro, obedecia.
Minha irmã mais velha já estava deitada, ela havia começado a trabalhar por aqueles dias e ainda não havia se acostumado com o novo horário, motivo pelo qual havia faltado a escola.
Naquela mesma noite enquanto minha família estava com seus afazeres minha irmã escutou um som abafado e uma pessoa exclamou assustada:
— Ah!
Como não houve mais nenhum tipo de movimentação, minha irmã acabou pegando no sono e desta forma esqueceu o ocorrido. Durante uns dois dias, tarde da noite quando todos estavam dormindo e ela chegava da escola ouvia um gemido baixo e abafado.
Maria era a vizinha que morava ao lado da casa de dona Erundina, a porta da cozinha de Maria ficava de frente com a porta da cozinha de Erundina. Minha casa era geminada com a de Erundina, logo a porta da cozinha de minha casa ficava de frente para a porta da cozinha do casal que tinha os cachorros de corrida o senhor e a senhora Travassos.
Maria começou a queixar-se para minha mãe do silêncio na casa da vizinha, ela achava estranho minha mãe não ouvir nada já que as casas eram separadas apenas por uma parede, mas uma casa com seis pessoas, quatro crianças e dois adultos, um cachorro, um rato branco, uma tartaruga do vizinho, uma gata e uma codorna que cantava o dia todo fica meio complicado de ouvir qualquer tipo de som que não fseja do mesmo ambiente.
Passou mais uma semana e nada, ninguém entrava na casa e ninguém saía, a vizinha começou a achar que todos poderiam estar mortos ou que tivessem ido novamente viajar as pressas. Minha mãe não gostava muito de participar destas rodas de conversa, aliás, minha mãe nunca foi de ficar nos portões conversando, as vizinhas que geralmente a chamavam e passavam todo o relatório... Minha mãe não suporta fofocas!
Um dia Maria disse que estava muito preocupada e queria fazer uma denúncia anônima, minha mãe também estava e foi com ela até um telefone público distante de nossa casa fazer uma ligação para a polícia, ela se identificou com um nome qualquer e voltou para casa rapidinho, depois de uns vinte minutos mais ou menos parou uma viatura em frente à casa de dona Erundina e desceram alguns policiais, eles chamaram, bateram palmas, chamaram minha mãe e fizeram várias perguntas, como minha mãe não tinha como respondê-las arrombaram a janela dos fundos e um cheiro horrível de coisa putrefata se alastrou pelo ar.
Encontraram o corpo de seu Odair em cima da cama já em processo de decomposição, ele estava coberto e sua cabeça estava enrolada em um cobertor extremamente inchada.
Foi uma comoção geral, de repente todos os vizinhos se encontravam em frente à casa, fazendo perguntas e dando sua versão do acontecido.
Durante várias semanas a notícia saiu no jornal juntamente com as informações de minha mãe e de dona Maria. Ao que tudo indicava Marquinhos matara o padrasto por conta da surra que sua mãe levou. Erundina fugiu na calada da noite para que ele não fosse preso e deixou o cachorro conosco, até então pensávamos que ela retornaria na segunda-feira como o prometido.
Quando a poeira baixou e os ânimos acalmaram um pouco houve uma reviravolta no caso.
O que já estava certo de repente tornou-se errado! A notícia agora era surpreendente, o filho de 7 anos havia assassinado o pai naquela noite e não o meio irmão que tinha uma deficiência mental.
Cada dia que passava surgiam mais detalhes sobre o caso. Eram informações que a perícia encontrou durante a investigação. Coisas surpreendentes apareciam a cada segundo.
Quando o resultado final saiu no jornal todos estavam atônitos... André o filho do meio estava há algum tempo aprendendo atirar com o pai e foi exatamente ele quem o matou. Erundina estava no quarto com o marido quando o menino chegou e atirou no pai, ela enrolou a cabeça dele no cobertor para abafar os gemidos e asfixiá-lo, então foi até a cozinha, abriu a gaveta e voltou para o quarto com a faca de cortar carne e enterrou no pobre homem, depois voltou para a cozinha, lavou a faca e guardou novamente na gaveta. Arrumou as malas e fugiu com os filhos.
O ocorrido não parou por aí, foi a julgamento e ficou provado de que realmente André assassinou o pai, mas existem algumas dúvidas ainda...
Passados vários anos, um dia Erundina apareceu em nosso portão, estava muito magra, bem acabada e pálida. Conversou com minha mãe meio sem graça, tinha vindo buscar o cachorro... Pois então, o cachorro teve um fim mais feliz que o do resto daquela família. Minha mãe tinha amizade com uma senhora bem humilde que tinha uma filha com sérios problemas de saúde, como rins, diabetes, enfim, era uma mocinha bem doente e ela tinha um cachorrinho que havia sido atropelado por aqueles dias e por ironia do destino tinha o mesmo nome: Xereta!
Minha mãe deu o cachorro de Erundina para dona Wilma e a menina ficou muito feliz e foi excelente ela ter feito isso por que depois de alguns meses esta menina veio a falecer...
Erundina ficou triste por conta do cachorro, ela o amava muito, mas entendeu a situação de minha mãe, na época nós tínhamos um cachorro, um rato branco, uma codorna, a tartaruga do vizinho, uma gata... Um mini zôo!
Ela foi se despedir das vizinhas ficou mais um pouco por lá e veio para São Paulo.
Ainda hoje lembro do semblante amargurado daquela mulher, dizem que o que ela fez foi encobrir uma verdade totalmente diferente. Alguns dizem que foi Marquinhos mesmo quem matou o padrasto e que ela colocou a culpa no filho do meio para poupar o mais velho que tinha dificuldades mentais, quando André tivesse idade para ser preso, melhor dizendo para ser encaminhado para o juizado de menores já teria passado muitos anos e não teria mais problemas. Ficaria livre e o mais velho também...
As más línguas diziam que ela estava acabada daquela forma por culpa, outras que era por esconder a verdade de todos, o fato é que até a polícia disse que “ela” tinha feito um excelente trabalho para eles... Pelo jeito, seu Odair dava muito trabalho...
Ao meu ver, creio que os policiais descobriram mais coisas e com certeza sabiam a verdade, mas tenho certeza que deixaram passar por conta das agressões que ele fazia com a família, afinal de contas, os meninos de vez em quando apareciam com algum membro do corpo quebrado, como eles mesmos disseram, “o mundo estava melhor agora sem seu Odair”.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Hoje é dia do ESCRITOR!!!

Quero agradecer os amigos maravilhosos que tenho e que me parabenizaram no facebook rs...
Obrigada por se lembrarem (meio que forçado kkkk...)
E justamente hoje outra editora entrou em contato comigo... "Nessie: o verdadeiro tesouro da Escócia!", acho que será publicado antes do que eu pensava....
Hoje é sem sombra de dúvida um excelente início de semana...

domingo, 24 de julho de 2011

Vida triste: Amy Winehouse...


Bem, a morte sempre nos pega de calças curtas...

Sabemos que é um fato e que também é inevitável, mas nunca estamos preparados...

As vezes achamos que certas pessoas irão primeiro conforme a vida desregrada que levam e as vezes estas mesmas pessoas nos surpreendem, continuando entre nós e indo outras em seus lugares que pensávamos que fossem ficar por muito mais tempo.

A morte é breve, fácil, irreversível, para morrer basta estar vivo...

Ainda estou bem chocada com o desfecho da vida de Amy Winehouse... Acompanhei assim como muitas pessoas a vida triste e devastadora que ela teve. Viciada em drogas, álcool e com um amor que não era correspondido como devia, Amy passou por nós como muitas pessoas passam sem percebermos.

Não vou apontar aqui os pontos positivos e negativos que ela teve em vida, também não estou aqui para maldizer o ex-marido dela... Só quero deixar minhas condolências para a família!

Infelizmente isso era algo que de certa forma todos nós sabíamos que iria acontecer, teve uma época em que cada hora aparecia uma notícia sobre o estado de saúde da cantora e as notícias não eram nada animadoras... Lembro de entrar em um site onde pessoas sem escrúpulos estavam apostando para ver quem acertaria o dia da sua morte e o ganhador receberia um iPod...

Triste não? Pessoas apostando com a vida de outras pessoas.. Pessoas doentes que precisam de apoio, amor, compreensão e companheirismo.
Orei muitas vezes por ela, por sua vida, por seu restabelecimento... Infelizmente ela não teve tempo para uma segunda chance... Melhor dizendo; tempo ela teve, só que não soube aproveitar, ela chegou a voltar de duas overdoses, pelo menos são das quais eu me lembro...

O tempo está aqui hoje para todos nós. Todos temos tempo para fazermos nossas escolhas, agora se serão boas ou não... Saberemos mais a frente.

Sei que a vida dela foi muito triste, vazia e solitária, é doloroso saber que uma pessoa tão jovem e tão cheia de talento, tenha jogado sua vida pela janela. É doloroso saber que milhares de pessoas gostavam de sua música, mas que infelizmente não puderam fazer nada para salvá-la... Ela com certeza devia se sentir só... Isto leva a pessoa a realizar atos impensados.

Gostaria de poder ajudar todo mundo, sim, todos que tivessem algum tipo de problema que eu pudesse resolver adoraria poder solucionar, mas não tenho este poder, sou apenas uma pessoa como tantas outras que se compadece com certas situações, que ajuda quando possível, mas que sempre, todos os dias ora por todos os amigos, familiares e conhecidos, que agradece o dia que passou, a noite relaxante, o serviço gratificante que paga minhas contas... E que quando sabe de alguma pessoa que está passando por algo doloroso intercede a Deus em oração pedido paz e sucesso para aquela vida desmotivada e vazia.

Sou grata a Deus pelos amigos que tenho e por fazer parte de um país livre onde as pessoas podem andar sossegadamente pelas ruas sem se preocuparem com terroristas estourando transportes públicos, onde as pessoas podem louvar ao Deus de sua escolha e onde não há perigo de tremores de terra.

Agradeço muito todos os dias, toda a hora que sinto vontade de conversar com o Pai, faço com alegria no coração, peço sabedoria para lidar com situações difíceis e peço força para seguir meu dia tranquila.

Peço a todos os leitores de meus blogs que intercedam pela família de Amy Winehouse, eles estão precisando muito de orações, estão precisando de nós, estão precisando de Deus, pois só Ele tem o poder de curar um coração que chora, só Ele e mais ninguém!

Não importa onde você está agora, pense em Deus por um minuto que seja, agradeça por sua família, por seu emprego e por sua vida... E não se esqueça de pedir consolo para os familiares e amigos de Amy, ela errou muito, mas sabemos o quanto era preciosa para os seus por que "aos olhos do pai, você é uma obra prima, que ele planejou, com suas próprias mãos pintou..." (Diante do Trono "Aos olhos do pai")

Sinto-me muito chateada e totalmente impotente! Saber que outro ser humano tão conhecido, rico e querido por tantos teve uma vida tão sem sabor e sem Deus me deixa extremamente triste, não importa o quanto você tem, nem o que você tem, a única coisa que importa é sua alma... E mais nada...

Excelente semana para todos, durmam com Deus e orem pelos familiares da Amy... Agora ela não precisa mais, a escolha dela já foi feita, mas os familiares continuam aqui...


quinta-feira, 21 de julho de 2011

Boa noite...

Boa noite meus queridos...
Ando bem relaxada com os blogs eu sei, isso é muito estranho, depois de uns meses para cá não consegui mais publicar nada regularmente como eu sempre fiz:(
Hoje foi uma dia atípico em meu serviço, participei de um evento lá no Palácio dos Bandeirantes, que lugar fantástico! Lindo! Incrível... E as obras de arte? As pinturas do Portinari, Tarsila do Amaral???


Olha, o evento foi super tranquilo, era a assinatura dos prefeitos de 600 municípios...
Gostei muito de participar, os outros da equipe eram simpáticos e engraçados... Foi excelente!!!


Excelente noite para todos, vou dormir, estou com sono, depois colocarei a foto que tiramos...

terça-feira, 12 de julho de 2011

A verdadeira história de Papai Noel

Alguns chamam-no de Sinterklass. Outros de Père Noel ou Papai Noel. Também é conhecido como Hoteiosho, Sonnerklaas, Father Christmas, Jelly Belly e, para a maioria dos povos de língua inglesa, Santa Claus.

Seu nome verdadeiro é Nicolau, que significa vitorioso. Nasceu no ano 280 d.C. num país onde hoje se localiza a Turquia. Perdeu os pais aos nove anos de idade, vítimas de uma epidemia. Embora muitos imaginem que Papai Noel tenha se especializado em fabricar brinquedos e dedicado menor interesse à mercadologia, ele (Nicolau) estudou filosofia grega e doutrina cristã.

No início do século 1o, a Igreja Católica outorgou-lhe o honroso título de Bispo de Myra. Permaneceu no cargo até sua morte em 6 de dezembro de 343. Foi reconhecido pela História como santo, mas no século três se meteu em algumas encrencas. Foi preso duas vezes, uma pelo imperador Dioclesiano por motivos religiosos e outra por ter agredido fisicamente um colega durante uma discussão calorosa. (Só para descobrir quem é mau e quem é bom.)

Nicolau nunca se casou. Porém isso não quer dizer que não tivesse sido romântico. Era famoso pela benevolência que dedicava a um vizinho pobre sem condições de sustentar as três filhas ou de oferecer o costumeiro dote para que elas conseguissem fisgar um marido. O velho São Nicolau dirigiu-se sorrateiramente até a casa do vizinho durante a noite e despejou um punhado de moedas de ouro pela janela a fim de que a filha mais velha conseguisse um marido. Fez o mesmo para as outras filhas nas duas noites seguintes.

Essa história foi a semente que, regada ao longo dos anos, transformou-se na lenda do Papai Noel. Aparentemente as gerações seguintes fizeram suas próprias adaptações e a história se propagou mais do que a árvore de Natal. O punhado de moedas aumentou para um saco de moedas. Em vez de despejá-las pela janela, ele as despejava pela chaminé. E ao invés de caírem no chão, os sacos de moedas caíam nas meias que as moças colocavam na lareira para secar. (Foi então que surgiu o costume de colocar os presentes dentro de meias.)

O tempo tem sido generoso para com a imagem e as façanhas de Nicolau. Seus atos receberam maior notoriedade, e seus trajes e personalidade passaram por transformações. Como Bispo de Myra ele usava trajes sacerdotais e mitra. Diziam que era magro, tinha barba escura e personalidade circunspecta. Por volta de 1300, alguém pintou sua figura com barba branca. Por volta de 1800 acrescentaram uma barriga proeminente e uma cesta de alimentos no braço. Depois vieram as botas pretas, traje vermelho e um vistoso gorro de meia na cabeça. No final do século 19 transformaram a cesta de alimentos em saco de brinquedos. Em 1866 ele era franzino como um gnomo mas por volta de 1930 passou a ser alto e robusto, com bochechas rosadas e uma Coca-Cola na mão.

Papai Noel reflete os sonhos dos povos do mundo inteiro. Ao longo dos séculos tornou-se a combinação ideal de tudo aquilo que almejamos: Um amigo leal que faz uma longa viagem enfrentando toda a sorte de adversidades para levar presentes às pessoas bondosas. Um sábio que, apesar de estar ciente de todos os atos, descobriu uma maneira de recompensar os bons e ignorar os maus. Um amigo das crianças que nunca adoece nem envelhece. Um pai que nos deixa sentar em seu colo e ouve nossos maiores desejos.

Papai Noel. O protótipo perfeito do herói que temos em mente. A personificação de nossos sentimentos. A expressão de nossos anseios. A realização de nossos desejos.

Veja mais recados


Extraído do livro "Quando os Anjos Silenciaram" de Max Lucado

domingo, 10 de julho de 2011

Seguidor novo, assinatura nova, EBA!!!


Boa noite meus amores rs...

Sim, faz um tempinho que não posto nada novo por aqui certo?
Esta semana se Deus quiser farei isso, estava um pouco ocupada sabe... Registrando o livro infantil de contos, enviando para a Biblioteca Nacional lá no Rio de Janeiro...

Ontem estava navegando pela net e encontrei um site muito bom chamado Mesa do Editor e claro fiz a assinatura... Vamos torcer ok? Espero receber muitos contatos de editoras e agentes literários...

Vou dormir agora... Amanhã acordo cedo 5:20a.m para labutar...
Beijos e excelente início de semana para todos!!!

PS: Vi que tenho mais um seguidor novo, OBRIGADA!!!

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Quanto vale uma palavra...


Este foi o primeiro comentário que recebi de meu livro logo nos primeiros dias após seu lançamento.
Tenho um carinho especial por ele, amei as palavras, a forma como o José Araújo descreveu a trama, os sentimentos que sentiu... Enfim amei cada pedacinho do que ele escreveu, obrigada querido!
Isso é música para meus ouvidos, é o combustível que me empurra para frente, é a alegria de compartilhar com vocês um pouquinho de minhas personagens, meus textos e até minhas poesias (que cá entre nós sou péssima!).
Todo escritor precisa de leitores leais, leitores sinceros, que expressem suas idéias e claro suas críticas que são o mais importante. Por falar em crítica depois de alguns meses recebi uma excelente crítica em um jornal... Sim, meu livro teve uma boa repercussão graças a Deus!
Espero que os próximos sejam similares, ou melhor, superiores ao primeiro, pois a intenção é sempre fazer o mais perfeito para vocês!!!
Obrigada




Jose Araujo escreveu um comentário

“Mirian Fidelis Guimarães, um nome para ser guardado na mente e no coração daqueles que gostam de uma boa leitura e comigo não é diferente.
Após acabar o tempo que tinha que ficar no Stand de minha editora fui correndo para pegar meu exemplar de seu livro, mas havia se esgotado. Voltei no dia seguinte e fui informado que só estaria disponível nas livrarias e é claro, fui o mais rápido que pude buscar o meu e sai de lá feliz porque de alguma forma eu sabia que teria algo muito bom para ler.
Leio muito, um livro por semana, mas o seu, li em dois dias, indo e voltado do trabalho. Você prendeu minha atenção desde as primeiras linhas! Minha amada Mona Lisa é algo fascinante! Eu como o Gui, sempre fui apaixonado pela imagem de Mona Lisa e a cada linha eu queria saber mais e mais da trama que você criou com maestria! Chorei pelo sofrimento do Mona, pela aflição de Marina, me emocionei com a amizade e o companheirismo de Nicky. Foram tantas emoções que brotaram das páginas de seu livro que se tu tivesse que falar de todas, passaria horas escrevendo sobre sua estória. Você tem a capacidade de envolver o leitor naquilo que escreve! Em determinados momentos, parecia que todos eles eram meus conhecidos, que havia entre nós uma amizade muito antiga e cada sensação de seus personagens eram muito reais para mim. Vibrei com a descoberta feita por Marina e Nicky do corpo de Camila, senti revolta e repulsa ao mesmo tempo por Roger! Você é uma escritora como poucos que conheço Mirian! Parabéns pelo talento, pela capacidade de colocar em palavras tantas emoções e mais ainda por ter uma mente brilhante e um coração sensível, capaz de nos brindar com uma obra maravilhosa como "Minha amada Mona Lisa"!
Ps. Só fiquei um pouco triste no final... “



Goodangels

Hoje pela manhã em uma conversa bem informal com uma amiga descobri algo bem inusitado...
Nunca me passou pela cabeça que ela tivesse uma tia desaparecida. Isso mesmo às vezes as pessoas próximas estão passando por uma situação difícil e nós não sabemos, é falta de interesse sabe, falta de se preocupar com os outros. Ontem vi na internet que uma garota, agora não me lembro se era Japão ou China, salvou um garoto de 16 anos que iria se suicidar apenas com um beijo nos lábios... Ela conversou com ele, mentiu para a polícia que era namorada para se aproximar e escutou o que ele tinha a dizer e depois o beijou, nisto os policiais vieram e o resgataram... Linda história!
Em nossas vidas acontecem coisas semelhantes, a questão é que não nos importamos com os demais. Se todos se preocupassem um pouco mais com o próximo a vida seria bem mais “leve”.
Conversando com ela, fiquei sabendo que uma tia dela desapareceu há muitos anos, quase uns 20 anos e nunca mais ninguém ficou sabendo de nada, nenhuma notícia, nenhum telefonema, nada! Ela saiu da casa do pai dela, pois fora fazer uma visita e sumiu no mundo. Lembrei-me de uma Instituição que procura pessoas desaparecidas é a “Goodangels” e falei para ela, achei legal a idéia de dividir com todos que lêem o blog um site tão importante e olha só, este encontra MESMO!!! São excepcionais!
Vou entrar no site e fazer o cadastro para minha amiga e espero de coração que ela encontre a tia desaparecida.
Que tal divulgar o site para amigos e conhecidos? Por incrível que pareça sempre existe uma pessoa desaparecida perto de nós é só conversar com as pessoas para acabar descobrindo...




Obrigada Mary

Quero agradecer a Mary!
Sim, ontem assim que disponibilizei meu texto no facebook ela me enviou um recadinho fofo “Li e adorei”!
Olha, a verdade é que fiquei bem lisonjeada... De vez em quando recebo comentários de pessoas dizendo que gostaram dos blogs, dos textos e isto de certa forma me impressiona muito!
É ótimo escutarmos este tipo de elogio, faz bem para a alma, para o ego... Quer dizer que meus textos são pelo menos interessantes...
Ah, tenho mais uma pessoa para agradecer rs... É a Regiane Rehonse que até deixou recadinho aqui no blog mesmo... Obrigada por me entender querida!!!
Mary, obrigada



Beijinhos!!!


terça-feira, 28 de junho de 2011

Por favor, leia SEMPRE o regulamento


Se existe uma coisa que me deixa extremamente irritada são pessoas que não lêem o regulamento e quando indagada se assim o fizeram confirmam com todas as letras que “sim” e quando você argumenta algo sobre o assunto elas não sabem responder...

Sabe qual é a frase que vem a seguir? “De acordo com o regulamento...”

Sabe, tento entender, mas não consigo! O que leva uma pessoa a omitir um fato importantíssimo? Ok, nem todos lêem o regulamento que eu sei, mas pensem comigo, vocês resolvem prestar um concurso público excelente, ótimo salário, poucas horas por semana, benefícios, enfim, o emprego dos seus sonhos, o que você faz em primeiro lugar? Lê TODO o edital, mesmo que ele seja gigantesco concorda? É lá que estão todas as informações, se der problema, é lá que você encontra o telefone ou e-mail para contato, lá estão às datas ou as possíveis datas...

Questão de bom senso!

Contarei uma experiência pessoal aqui ok? Há uns cinco anos mais ou menos prestei um concurso público para professor de ensino fundamental em São Bernardo do Campo, passei em uma boa colocação até, dois mil e alguma coisa, só que eram poucas vagas, 400 apenas...

Continuei olhando por um tempo para ver se seria chamada, geralmente muitas pessoas faltam no dia da escolha de vagas, não acompanham e perdem o dia, exoneram, enfim, acontece um monte de coisas. Depois de um tempo, deixei de lado claro, não queria trabalhar tão longe de casa, imagine só todos os dias fazer uma viagem para lecionar, não é muito a minha cara e depois ter que esperar três anos para tentar a remoção... Não não, muito obrigada, mas o que quero destacar com esta história é que eu sabia tudo o que estava escrito no edital, eu li, tinha os telefones para entrar em contato, sabia minha colocação, tinha o e-mail para tirar dúvidas, porque? Simplesmente por que eu LI o regulamento, no caso dele o edital!

O ser humano é muito afoito, não gosta de ler, não gosta de estudar, não gosta de escrever... Puxa, são coisas primordiais e de extrema importância. Tá não quer ler, não leia, mas também arque com suas perdas, afinal de contas ninguém é responsável por algo que você tenha perdido se você que é o interessado não leu o regulamento :(

PS: A partir de hoje todo mundo lendo regulamento, edital, manual, seja lá o que for ok?

As idas e vindas à escada, se ela falasse...

Bem, nunca pensei na forma como voltaria a me interessar por alguém novamente, e se voltaria sei que estas coisas não são premeditadas, você não escolhe quando e nem como... Simplesmente acontecem!
Não é mistério para ninguém que trabalho em um local muito movimentado, um local divertidíssimo com pessoas muito bacanas.

Estava eu em um dia super movimentado tomando sol com algumas amigas quando avistei algo alto, loiro, escultural, falava ao telefone com alguém. Não que eu queira dizer que sou uma diva, mas ele estava de lado e quando me viu encostou-se ao corrimão de frente para mim e continuou olhando até eu e minhas amigas irmos embora.

Foi uma loucura, eu precisava saber se aquele deus grego era novo ali ou se estava fazendo algum curso, participando de algum evento, temos um teatro em nosso prédio que é de responsabilidade da Secretaria da Cultura, logo os eventos que são realizados aqui não são apenas daqui e sim de outros órgãos públicos também como vim, a saber, alguns dias depois quando desvendei que ele era da Secretaria da Fazenda...

Isso tudo aconteceu em um início de semana, para ser mais exata em uma segunda-feira, durou duas semanas divertidíssimas!

Infelizmente, tudo que é bom dura pouco e chegou o dia que ele precisou ir embora... Tudo isso resultou em excelentes risadas, vários olhares e até a descoberta do nome... Que acreditem ou não eu me esqueci!!! Thatica cadê você? Eu esqueci o nome dele...

Porém o mais engraçado de tudo isso é que eu ficava na escada para ver ele e acabei vendo algo mais... Isso mesmo, para dizer a verdade não foi bem eu quem viu e sim minha amiga viu esse algo mais subindo a escada, pensei “O que será que está acontecendo neste lugar? Não tinha nada interessante e de repente surgem vários?” O engraçado é que não dei importância, meu interesse estava no lindinho da Secretaria da Fazenda...

Neste meio tempo que um surgia e o outro sumia, minha atenção voltou-se ao facebook, o site de relacionamentos que está bombando na internet e por ironia do destino quem eu encontrei por lá? Sim, isso mesmo o “algo mais”. Parece brincadeira, você procura amigos e encontra coisas mais interessantes também. O mais divertido de tudo foi que uma amiga conseguiu o nome que é o melhor de tudo e o e-mail, sim na era da tecnologia é bem mais simples e rápido conseguir conversar com uma pessoa sem nem ao menos conhecer, o conhecer “ao vivo” fica para segundo plano dependendo se a conversa foi produtiva ou não...

Imagine só, no dia de seu aniversário você recebe uma ligação de sua amiga dizendo que vai te dar um presente de aniversário naquele momento e te passa pelo MSN o e-mail do fulano... Muito interessante e ao mesmo tempo amedrontador!

Pensei mil vezes se deveria ou não criar coragem e entrar em contato, sabe como é mandar um e-mail para uma pessoa que você pode encontrar a qualquer hora pelo corredor é bem complicado, ainda mais se a pessoa for bonita... Dá certo medo!!!

Fui meio que “forçada” a entrar em contato, mandei o e-mail e juro que não esperei resposta, mas para minha felicidade e surpresa recebi uma resposta bem fofa e super gentil! Valeu à pena entrar em contato...

Como tudo que é realmente bom dura pouco, acho que nossa correspondência tem seus dias contados, sério mesmo, percebi que havia algo meio “suspeito” sabe, uma certa mulher por trás de tudo, claro, não repreendo, todos querem alguém e geralmente pessoas bonitas, inteligentes, gentis e educadas nunca estão totalmente solitárias...

Como citei há pouco o facebook nos dá uma gama de opções, é muito útil em determinadas partes e às vezes atrapalha um pouco, desta vez gostei muito dos resultados, não que eu estivesse procurando por algo, mas todos sabem que os comentários que por lá são feitos, seus amigos também podem ler se for de sua vontade é claro, logo é um meio de comunicação não muito recomendado para divulgar coisas tão pessoais.

Já entenderam o e aconteceu certo? Li um recado que me pareceu um tanto quanto pessoal demais, bem carinhoso por ambas as partes, conclusão: não é para o meu biquinho!

Enfim, cada um tem uma forma de pensar, de agir, de se relacionar, ainda não recebi o e-mail de resposta creio que nem receberei, mas se por ventura isto acontecer, podem ficar tranqüilos: não almoçarei com ele :(

Pois bem, voltei à estaca zero novamente... É por isso que amo escrever meus textos, eles nunca me decepcionam e se eu não gostar de algo é só apagar e começar de novo...